sábado, 2 de agosto de 2008

Panelas de Plástico

É.. to postando pela primeira vez um poema meu no blog! Eu fiz faz um tempo, mas ainda ta novinho

Chama Panelas de Plástico:


Panelas de Plástico


Ao brincarem como se fossem adultos
As meninas com panelas de plástico
Não imaginam como são pesadas
As panelas de verdade

Pesam conforme o suor de um adulto
que antes tb não havia imaginado
Nada mais agora é de plástico
Acabou se as risadas, só há trabalho

Trabalho e mais trabalho
Não pensa-se nas diversões
Não lembra mais de alguma panela de plástico
Agora tem de se lembrar da panela de pressão

Que Está no fogão
Apitando o chamado para o feijão
Tão comum, mas tão igual a todas as panelas
Ahh se as panelas de pressão
fossem azuis com cabos roxos

4 comentários:

  1. parabéns, ficou legal o poema!

    gostei daqui :)
    beijo :*

    ResponderExcluir
  2. Olha a Iiiiiissa,mew
    sahushauhsua

    Ficou muito vbom esse poema,ein! *-
    beijos

    ResponderExcluir
  3. parabéns, ficou bem intertessante :)

    ResponderExcluir

Olá, deixe um pouco de vc por aqui...